Pesquisar este blog

19.1.09

Vingança


Haja serenidade para falar
de música e da pressa do Natal
fingindo naturalidade enquanto
a doutora colhe o Papa Nicolau

Que frango assado mais sem açúcar
e sal! E ainda de brinde:
-Ultrason pélvico transvaginal

Puta que pariu!

E eu já pensando nesta poesia
enquanto a máquina aperta meus seios
no exame de mamografia

- Tem uma ferida,
é preciso cauterização!
Eu imploro até pra Santa Rita
Suplicando: - Isto de novo não!

Laser
Laser
Laser

Chego em casa exausta
e rio ao olhar o meu amor
mal sabe ele que o que consola
é a certeza do dia do indicador

Um comentário:

Larissa Marques disse...

Já conhecia o texto, muito bom!