Pesquisar este blog

11.7.09

Diamantes não compram flores

Cara leitora, se for uma romântica irrecuperável você provavelmente vai gostar de ler isto, mas se você por acaso for uma mulher de objetivos práticos na vida que sabe que é melhor um burro que te carregue que um cavalo que te derrube e que amor não põe comida na mesa, vire a página e vá para o próximo artigo.

Bem, leitora, presumo que você esteja cansada dessas reportagens hipócritas que nós, mulheres, temos que ser realistas, casar com um cara rico que nos sustente e todo esse blábláblá. A verdade é que nós não estamos satisfeitas, queremos amor, diamantes e flores. Mas tirando 0,1% de nós que consegue isso, o que fazer quando se tem que escolher?

Diamantes compram muita coisa, mas só as flores alcançam nosso coração. Conhece alguma romântica que não se derrete quando recebe rosas vermelhas? Hoje em dia muitas de nós se esquecem disso porque a cortesia e o cavalheirismo nem em fósseis restaram. Mas conte aí com a sua amiga, quantos homens te ligaram no dia seguinte depois de terem saído? E porque pagaram o jantar, quando pagam, se acham os maiores. Só se for os maiores cafajestes!

Pois bem, naquele filme Hitch eles poderiam ter aprendido muita coisa, a começar a não nos tratar como se fôssemos cachorros mortos de fome esperando ele comer a galinha para depois roermos o osso. Isso e uma ligação no dia seguinte perguntando se chegamos bem, ou nos dando bom dia seria muita coisa. Não queremos nada além de atenção. Diamantes são eternos e flores murcham... ;pois bem, eu bem que prefiro que ele se lembre que minhas flores murcharam e que ele pode comprar outras a diamantes que são eternos tanto quanto eles acham que é a atenção deles. Será que é tão penoso dar um “boa noite” antes de dormir? Ou será que nós não temos dias difíceis e somos umas eternas donzelas em perigo lutando contra o dragão-fogão?

É bom ter uma casa grande e confortável sem ter que se preocupar como mantê-la, não vou mentir para você, leitora. Mas essa sensação de coonforto passa no primeiro jantar que você prepara com todo o carinho para receber uma ligação dele avisando que vai ficar no trabalho até mais tarde para transar com a secretária. Mas ela também não ganha flores... Um homem desse só daria flores à mulher que pertubasse sua mente, não a que mais interessa socialmente, nem a de bundinha mais gostosa. E nem você nem a secretária dele foram capazes disso. Se você é a esposa ou a secretária, não se sinta uma qualquer, você é especial, mas esse insensível que não sabe a diferença entre um perfume e uma água de colônia realmente não te merece.
Enfim, leitora, espero ter trazido outros horizontes tão realistas quanto o das mulheres que se dizem práticas, mas, é claro, sem deixar de lado o romantismo.

Um comentário:

Larissa Marques disse...

Aê, Mali!!!
Que bom poder contar com você aqui...
Gosto do tema!