Pesquisar este blog

24.7.09

Lembranças de outono

Antes os sonhos
Derramavam buscas
Em cornucópias de flores
Novos dias desbotaram
Manhãs que deslizaram sombras
Amanhã quiçá o tempo
Retumbe acalantos
E o dedilhar das fantasias
Sopradas pelo mar

Um comentário:

Larissa Marques disse...

Angela,
adoro outonos!
seu poema está belo!