Pesquisar este blog

4.7.09

Selvagem


                                Selvagem
Das tuas palavras
um bendito e alegre
sumo escorre

Vale, deserto
mediterrâneo-cipreste.

A tudo, tua palavra colore

mesmo quando eu leio
em onírico estado
as coisas que nunca dissestes.


(Jessiely Soares)

2 comentários:

Anônimo disse...

Que texto! Sentimento in natura...

"Tua palavra colore" a vida do leitor...

Larissa Marques disse...

mara, onírico!