Pesquisar este blog

29.10.09

Cadeira velha

(Imagem Google search)

parte da mobília
peça antiga
valor sentimental

não se oferecia
às visitas

não resistiria aos quadris
das gordas tias
e aos pulos dos pequenos
irrequietos filhos
sobrinhos e netos

pensaram mandá-la
junto ao entulho
recolhido em mais
uma reforma

faltou-lhes coragem...

coberta de pó,
casinha de cupins
ainda guardava
a nobreza de ser
testemunha silenciosa

nada pedia
além do canto
sombrio, esquecido
ao lado da porta
do quartinho dos fundos

de onde percebia
tanta vida a passar


Agatha R.

2 comentários:

Maria Júlia Pontes disse...

testemunha das algrias e tristezas..alguns objetos tomam um lugar e passam a ser parte da família, na casa da minha avó tem alguns.
belo!

Me lembrou amúsica "Sapato velho"

Larissa Marques disse...

ai, ai...
saudade das minas avós!
muito bom!