Pesquisar este blog

20.1.10

Joio - Flá Perez


Pra ser sincera,
eu sei que te assanho
e tiro o sossego.

Às vezes me entrego...

Mas na maioria,
é só brincadeira
e se aperta,

eu espano.

Tenho um escudo
à prova
de perdas e danos.

3 comentários:

Allan Vidigal disse...

Gostadão!

ükma disse...

Tua poesia é tão natural, parece um perfume gostoso que fixa na pele.
Beijos.

FláPerez (BláBlá) disse...

Ela


Tem perfume de poesia
nas veias dos pulsos,
no cabelo da nuca.

e vestígiods de princesa
embaixo das maneiras
de puta.


(fiz agora pra noizes)