Pesquisar este blog

13.3.09

Versos p'ra ti




Olhei-te um belo dia e me enxerguei
Lá dentro da tua alma com clareza.
Quis dar pra ti o tanto que guardei
Durante o tempo todo de incerteza.

Temia fossem logros teus afagos,
Fugia dessa luz que hoje me ofusca.
Agora quero haurir, sorver aos tragos
Essa energia tua que me busca.

Confesso, havia em mim a mansa e a louca,
Uma se achava e a outra se escondia.
Identidade eu tinha muito pouca

E o meu sentir então se confundia.
Depois que me pousaste o beijo à boca,
Vi que estou toda na tua poesia...

Magmah

Nenhum comentário: