Pesquisar este blog

18.5.09

La Femme Fatale
























La Femme Fatale

Sou mulher pra toda vida
cama, mesa, forno, fogão
sou Amélia assumida
raramente digo não

Me abusa e me desdobra
faz de mim tua bandeira
satisfaço teu fetiche,
e teu mais íntimo desejo
põe em mim todo teu peso

Faz de mim teu fim de feira
vou gemer e tremular
feito a puta mais rampeira
mas espere eu chegar lá
do contrário me aporrinho
não teu mais meu carinho
e cuidado: vou te capar!


Isadora Venal

Descubra o escritor sob o pseudônimo feminino e concorra a prêmios!

7 comentários:

Paulinho Dhi Andrade disse...

Anderson H

Larissa Marques disse...

Pode ser, será?

Cesar Veneziani disse...

Esse tá difícil... Vou pensar e depois dar meu palpite!

Rosa Cardoso disse...

Pensei no Jairo, por conta de algumas das palavras usadas...mas sei lá!

Magmah disse...

putz, esse tá difícil...

Ruy disse...

Vou chutar mesmo! Carlos Cruz.

Larissa Marques disse...

gente, esse não contei quem era?