Pesquisar este blog

12.8.09

Traço Sutil




De pele macia, veneno em poção,
Sou bruxa e princesa, sou ilusionista.
Meu traço é sutil, sou instinto e razão,
Qual Eva esculpida por um deus artista.

Siso de senhora em riso de menina,
Mistério contido por baixo do véu.
Capricho, incoerência, ilusão - minha sina.
Criatura pagã e tão perto do céu!

Meus tons cor-de-rosa e vermelho paixão,
Tua esfera sublime no vão da retina,
Sou anjo e animal, sou pra ti sedução.

Fatio tua alma em camadas tão finas
E habito recintos do teu coração...
Carrego comigo essa graça divina.


Magmah

2 comentários:

Ruy disse...

Sempre perfeita no cuidado com as palavras e o rítmo.

Larissa Marques disse...

Fino trato com apalavra e sua sonoridade!
Muito bom!