Pesquisar este blog

14.11.09

Epifania ou Não Tenho Tempo


Não tenho tempo para o ódio,
é uma faina inútil,
é perder-se em danças escuras;

os gestos se partem,
descascam e sangram;
não tenho tempo para isso.

Sou vaga;
há tanto espaço a percorrer,
viajar pelo mundo

em espirais e saltos,
deixando sorrisos no ar,
na relva e dançando
Entre as marés.


Cintilo, como anunciação,
A própria epifania!


Patrícia Gomes
Imagem: Pinçada do Google Search

Um comentário:

Larissa Marques disse...

nunca me decepciono com seus escritos, muito bom!