Pesquisar este blog

7.11.09

Sem Meias Palavras - Duplo


Não gosto de
Meias palavras
Por isso
Anda, vem
Devore-me inteira
E nem se dê ao trabalho
De decifrar enigmas
E deixe que eu, simplesmente
Te coma...



Não me venha falar de amor
Agora, nem dos meus doces

Olhos de jabuticaba madura
Tão pouco me faça carícias

Lânguidas e demoradas
Não percebe que estou

Cansada de suas firulas?

Venha, num rompante, depressa
E me pegue com força
Coloque-me de quatro

Na sala desarrumada e

Foda-me sem meias palavras!


Patrícia Gomes
Imagem: Hans Neleman

2 comentários:

Larissa Marques disse...

Patrícia,
está traçando um percurso que curto muito!
Belo trabalho!

Ruy disse...

Que beleza! Gosto de que sabe fazer coisas diretas sem perder a classe.