Pesquisar este blog

24.5.10

Ao pé do ouvido

Imagem: Asilwen

Vou te contar um segredo...
da cor dos nossos olhos se olhando é a cor do meu segredo
e ele suspira a te pertencer.

É segredo dado a caminhos vagos que te busca mesmo sem saber porquê.
Ele reconhece teu som, e toca meu peito para eu te esperar. Reconhece tua voz ao telefone e meu segredo se agita para te encontrar.

É um segredo bobo, quase o escondo também de ti.
Mas meu segredo, querido, quer estar contigo onde quer que se escondas. [por mim]

... assim o segredo hoje é mais teu do que meu.

Ana Marques

5 comentários:

Talita Prates disse...

adorei!

essa frase final é genial!

Bjo bjo, querida.

Talita.

Tâmara disse...

Talvez esse seja o doce de viver: Amanhecer com delicias ao pé do ouvido!..


beijos!

Maçao Filho [Delos] disse...

Vou-me, amor. Não demoro. Mas como só em tua presença existo, deixo, na verdade, a mim e não a ti... e até que nos reencontremos [e voltemos a ser mais que dois ao sermos um], que Deus guarde nosso segredo nas mãos.

"Pois, ultimamente, meus pensamentos têm estado mais em tua companhia do que na de qualquer outra pessoa e onde estão meus pensamentos é onde, em verdade, estou."

[O trecho acima é eu tentando citar de memória uma fala do romance "Possessão" que me veio à cabeça aqui, rs]

Singelo e sublime. Muito, muito lindo, Ana. Um beijo e parabéns ;]

Juliano Andrade disse...

Ana querida, não tem palavras que possam ser escritas aqui, para expressar a simplicidade, beleza e emoção do seu texto.
Parabéns, é maravilhoso ler seus textos sempre.
Bjos.

TH disse...

Sempre, sempre , muito inspirada essa moça