Pesquisar este blog

8.7.09

delícias


era uma pessoa extremamente vulcânica,
tinha pele de mármore e boca de beijo.
o beijo... aquele beijo cabia exatamente no meu desejo
e eu me saciava, enquanto vadiávamos torpores de vinhos e queijos.
eu não me queixo que essa pessoa não fosse só minha,
pois minha alma a refletia ao mesmo tempo que olhos se despiam,
então deleitávamos corpos sobre o leito
e derretíamos confissões e defeitos.
e quando alta ia a lua, nós uivávamos pelas ruas
até que pernas e gozos se misturassem
e a fantasia nos transfigurasse em poesia,
um instante antes que um longo arrepio,
me anunciasse delícias e loucuras de um novo dia...

(sheyladecastilhoº

4 comentários:

Clauky Boom disse...

auuuuuuuuuuuuuuuuuuu

parabéns pela estréia!

bocas de beijo pra vc....


Adooooro


Clauky Boom

Magmah disse...

sensualismo com toques de bom gosto na linguagem metaforizada... suscinto na medida certa pra encantar o leitor. bela estréia, poeta! ^^

(sheyladecastilhoº disse...

obrigada!! faz parte das delicias que me seduzem, estar aqui em falópios...

Larissa Marques disse...

Sê bem vinda, um bom texto!
Adoro alegorias assim!