Pesquisar este blog

23.10.09


Cansada de lavar a roupa, eu sentei no banquinho da lavanderia e pensei, pensei, pensei.
Que fim tomou meu pensamento? Que deveria lavar a roupa.
No final, de todo pensamento, vem sempre a imundice, a escória da estupidez que rege na nossa cabeça. Quem disse que imundice é ruim? E que escória é ruim? Eu não.
Mas que pensamos idiotices, que não paramos um segundo é verdade. E que eu, sou só mais uma lavadeira que quer pensar algo extraordinário, é verdade.
Todos nós somos.
Lavo, passo, cozinho.
E essa é a melhor coisa do mundo. Não pensar.

2 comentários:

Larissa Marques disse...

verdade, melhor não pensar!
a gente que pensa não se adapta!
muito bom!

Maria Júlia Pontes disse...

Muito bom o texto as ligações entre lavar a roupa e o pensar... tirar a sujeita.
gostei.