Pesquisar este blog

23.4.10

(H) de homem (M) de mulher - II


Uma das maiores queixas das mulheres em relação aos homens é de que eles não lhes dão o devido valor. Temos dois pesos e duas medidas: eles transferem a responsabilidade para elas, afirmando que a mulher não está se valorizando. Pois bem, mesmo com a “revolução” feminina em vários campos da sociedade, o homem ainda é um provedor! Temos indicadores que comprovam isso indiscutivelmente.


A leitura que fazemos hoje é de que as mulheres estão cada vez mais “poderosas”. E isso inclui a valorização pessoal! Não é porque conquistaram a liberdade sexual que...enfim! Mesmo que seja uma verdade que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor, se igualar a eles não garante que vão conquistá-lo no primeiro encontro.


Para Sherry Argov do livro Por que os homens amam as mulheres poderosas”, quando o sexo acontece rapidamente, o homem conseguiu o que queria, pois ele se sente aliviado e sabe que já alcançou seu objetivo, enquanto que a mulher está apenas começando a lutar pelos objetivos dela. A autora coloca que a mulher poderosa não aceita ser um mero ponto de parada ou só uma aventura de uma noite. Esclarece que o homem valoriza a mulher quando ele deseja estar maior parte do tempo ao lado dela e não apenas por uma noite.


O foco da opinião é que, naturalmente o homem não quer compromisso, ele precisa de um tempo para aceitar a idéia de se envolver ou não com uma mulher. Mas como ela tende a querer algo mais sério, deve agir de forma poderosa para se fazer desejada. Isso não está relacionado ao fato de ambos quererem apenas uma noite e nada mais.


Sou uma mulher de 30 anos, solteira, moro sozinha, sem filhos e nunca fui casada. Conheço várias mulheres que estão direta ou indiretamente compondo este perfil. O que se passa? De onde vem essa força de resistir à pressão da sociedade de que temos que casar e ter filhos? Sim. Há essa imposição social de que temos que cumprir um ciclo e desde a infância somos ensinados sobre ele. Por que o primeiro brinquedo da menina é uma boneca? o que dizer então dos jogos de panelinhas, cama, mesa e banho infantis? E por que o primeiro brinquedo dos meninos é um carro? Ah! e ainda tem as armas e bonecos de super-heróis. Faz sentido: a mulher terá filhos e vai cuidar da casa, enquanto os homens com a posse de um carro têm a força! Até os feios podem pegar as mulheres que desejarem.


Acredito que os fabricantes de brinquedos desenvolverão novos conceitos de produtos para o público infantil, talvez sejam mais educativos e funcionais. Quem sabe, reinventem a roda. Percebemos facilmente que há uma ruptura em algumas veias da sociedade no que diz respeito ao relacionamento a dois. Deixo aberta essa discussão.

2 comentários:

Paulo Tamburro disse...

LENA,

DESCULPE FUGIR AO TEMA PROPOSTO.

PORÉM TENHO UM CONVITE. LEIA:

"O COMPORTAMENTO SEXUAL DO POVO BRASILEIRO",

QUE É A CRÔNICA/PESQUISA DO BLOG DE HUMOR:

"HUMOR EM TEXTO", DESTA SEMANA.

SAIBA A VERDADE, COMPROVADA SOCIOLOGICAMENTE, E

TIRE SUAS CONCLUSÕES.

VOCÊ PODERÁ NÃO ACREDITAR.

SÓ CONFERINDO.

UM ABRAÇÃO CARIOCA.

Larissa Marques disse...

é bem isso, Lena!
muito bom!